• Abigail Santos

CONVERSAR & EMPREENDER COM ESTELI SPENCER


A Bienal Internacional do Livro Alagoas (2017), certamente me trouxe inúmeros presentes, dentre eles, a oportunidade de conhecer o talento de uma jovem escritora e poetisa, que no auge dos seus 18 anos, encanta adultos e crianças com seu brilhantismo. Esteli Spencer está inaugurando o mais novo quadro da nossa página: |CONVERSAR & EMPREENDER|. Semanalmente traremos profissionais das mais diversas áreas de atuação, para uma entrevista sobre seu trabalho, sua forma de empreender e inspirar pessoas. Deixe seus comentários, quem sabe nossa próxima conversa, seja com você.

|CONVERSAR & EMPREENDER|

PERGUNTAS A ESTELI SPENCER

Como a escrita entrou em sua vida?

Esteli Spencer: A escrita entrou na minha vida desde que tive contato com os meus primeiros livros de histórias infantis, aqueles cheios de figuras, alguns têm até acessórios para despertar o interesse da criança. Foi aí onde eu não sabia ler nem escrever que comecei a criar a partir das figuras dos meus primeiros livros , dessa forma pude também desenvolver a capacidade de criar minhas próprias histórias e poesias sem precisar das figuras dos livros e sim apenas de alguém que soubesse escrever.

Recentemente você participou da BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE ALAGOAS, como foi a experiência?

Esteli Spencer: Participar da Bienal Internacional do Livro de Alagoas foi maravilhoso, pois tive a oportunidade de conhecer e reencontrar escritores e leitores, bem como de mostrar meu trabalho e divulga-lo.

Quando decidiu que havia chegado o momento de escrever?

Esteli Spencer: Como respondi acima, comecei meu interesse pela literatura, comunicação e expressão muito cedo, dessa forma sofrendo um bullying verbal e psicológico na escola, fazendo com que eu me retraísse e não quisesse mais escrever. Com 14 anos conheci pessoas que me incentivaram a deixar para trás o que eu havia sofrido e colocar esse meu talento pra fora.

Você ainda é muito jovem, como planeja seu futuro como escritora? Pretende seguir uma carreira?

Esteli Spencer: Pretendo continuar com meu trabalho de palestras e venda de livros nas escolas e eventos literários. Sim, por amar debater, causas sociais e politica apartidária, estou fazendo faculdade de serviço social e pretendo ao terminar fazer jornalismo. Pra mim seria maravilhoso trabalhar em uma dessas áreas.

Quais são suas influencias literárias?

Esteli Spencer: Autores como: Machado de Assis, Clarisse Lispector, Jonh Green, Paula Pimenta, dentre outros (tentei ser eclética na escolha dos autores) influenciaram na minha vida literária, seja na forma da escrita, quanto no jeito de tartar os leitores.

De onde veio a inspiração para “UM PROJETO DE POETISA”?

Esteli Spencer: Das pessoas que me incentivaram a colocar para fora um talento que eu havia reprimido.

Como foi o processo de escrita do seu livro?

Esteli Spencer: O processo foi demorado, pois comecei com 14 e só vim lançar com 18, eu pensei em desistir de lançar durante a criação, fiquei com aquele frio na barriga e a duvida do: “o que vai acontecer?” no dia do lançamento e dos primeiros eventos.

Novos projetos em curso? O que podemos esperar dos escritos de Esteli Spencer?

Esteli Spencer: Sim, tenho muitas ideias na cabeça, inclusive uma delas, é o que as escolas mais me pedem, um paradidático falando sobre causas socioescolares vividas entre os alunos, como por exemplo: bullying, preconceito e etc…

Qual o conselho que daria para aqueles que ainda não tiraram os originais da gaveta?

Esteli Spencer: Que a principio não idealize que alguém vai vê, pois isso pode limitar as ideias e inspiração, que não desistam, mesmo que a autocrítica diga que não ficou bom. Coloquem pra fora o que está guardado, se não virar livro, virou terapia.

Gratidão Esteli !

#EMPREENDEDORISMO #DESENVOLVIMENTOPESSOAL #CONVERSAREMPREENDER #APRENDIZADO #despessoal

  • SPOTIFY
  • AMAZON

Copyright © 2017 por ABIGAIL SANTOS