• Abigail Santos

SEJA VOCÊ!


O texto desta semana está particularmente especial para mim, pois venho falar sobre um assunto que me toca muito. Nós vivemos num mundo sob constante pressão e é preciso estar sempre dentro de um certo padrão ou princípio imposto pela sociedade. Se isso não ocorre, você não é bem visto.

Recentemente uma outra amiga, em conversa comigo, "criticou" o fato de eu não estar me "arrumando tanto, como antes" (opinião dela) e se disse decepcionada com isso. Mas, o que mais me chocou, foi quando ela afirmou, que eu sempre a criticava por não se arrumar "como deveria" (quanta audácia minha, não?). E graças a isso, ela adquiriu o hábito de estar sempre bonita.

É claro, que eu não sabia o que responder, agradeci apenas e fiquei pensando sobre o assunto. Poxa, será mesmo que uma pessoa que não é você, tem o direito de dizer como deve viver ou vestir. Mesmo que se trate de alguém que te quer tão bem, é um tanto quanto invasivo.

Tive vontade de pedir desculpas pelo fato de tê-la feito em algum momento, pensar que deveria mudar para ser aceita. "Oxe" Abigail, você não se arruma mais?

Sim, me arrumo, de acordo com meu gosto pessoal e não mais de acordo com o que irão achar de mim. Venhamos e convenhamos, atualmente com os inúmeros papéis da mulher na sociedade contemporânea, nem sempre é possível estar impecável.

Não devemos exigir tanto de nós mesmos e nem dos demais. Mudamos constantemente e essa é a graça desta caminhada, somos seres em constante evolução e o que antes era primordial, amanhã pode não ser mais.

Por isso eu pergunto, quem era você antes das pessoas te dizerem como você deveria ser?

Eu já ouvi tantas falas preconceituosas de amigos, parentes e observadores e quer queira quer não, em algum momento podemos chegar a absorver aquela informação como sendo a mais correta do mundo. Nós também por vezes, somos a voz do preconceito ao tentar impor nossa verdade aos demais.

Somos pessoas imperfeitas, muitas vezes tentando passar um modelo de perfeição através das roupas, maquiagens e tantos outros artifícios. Eu sinto como se todos fossem seguindo um certo padrão de comportamento sem se dar conta ao certo da realidade. Estamos sem querer, seguindo a "boiada".

SEJA VOCÊ!

Gosta de moda e maquiagem, ok! Parabéns! Se essa é você de verdade, isso é positivo para a única pessoa que importa, você mesmo!

Não gosta de moda e maquiagem, tem seu estilo próprio, ou não, ok! O importante é que você se sinta bem, sem perder sua essência.

Eu amo esse universo da moda, makeup, tendências. E durante muito tempo tive todas as bolsas e sapatos que eram modinha, hoje não mais. Primeiro, por me faltar talento mais específico na área, mas também, por apostar em peças que me deixam contente comigo, mesmo que não seja tendência. Tem muito a ver como o momento que estamos vivendo.

Cuide da sua saúde física e emocional, seja feliz. Aprenda a reconhecer as coisas boas que o cercam e encontre a felicidade no agora. Não adie esse sentimento, não deixe para ser feliz depois de engordar ou emagrecer, depois de ter muito dinheiro, ou depois de estar de acordo com padrões que na maioria das vezes não representam quem somos de verdade.

Descubra quem você é de verdade, quando não precisa agradar aos demais.

Tem gente que precisa de uma boa maquiagem para levantar a autoestima, qual o problema nisso? Nenhum, use e abuse do que gosta, mas se não gosta, não se puna por isso.

Seja feliz agora mesmo, sendo quem você desejar ser!!!!

Se tudo que compartilhei fez sentido para você, maravilha! Se não, está tudo bem também. Nós não somos detentores da sabedoria universal, cada um sempre saberá o que será melhor para si, seja o que for.

#despessoal

  • SPOTIFY
  • AMAZON

Copyright © 2017 por ABIGAIL SANTOS