• Abigail Santos

FINAL FELIZ


Dezembro chegou e junto com ele veio a lembrança da última sessão com minha Coach Transformacional (Robélia Alves) e comecei a refletir sobre o final de todas as coisas e o que esperamos dele. Na infância escutamos ou lemos atentamente os contos de fadas, que trazem um sofredor (você e eu), um salvador (príncipe encantado) e por último mais não menos importante, o glamouroso FINAL FELIZ.

Foi aí então que nos acostumamos a esperar pacientemente ou desesperadamente por esta felicidade que virá apenas no final de tudo.

Particularmente não acredito em finais felizes, mas devo confessar que durante muito tempo caminhei em busca dele, queria essa felicidade que viria no final de tudo.

Observando ao meu redor, percebo que a maioria de nós está em busca de uma recompensa que virá no final, quer seja a tão sonhada aposentadoria, ou as condições para reformar a casa, um companheiro, o dinheiro para realizar aquela viagem dos sonhos, ou mesmo o estilo de vida "ideal"; sempre coisas e situações que virão após algum esforço.

Não vejo problema nisso, a questão é que sempre quando realizamos algo, imediatamente após a momentânea felicidade, sentimos aquela sensação de que ainda precisamos de mais e continuamos a busca interminável pelo melhor que virá.

Não quero acabar com as ilusões de ninguém, mas gostaria de informar que sim, na vida haverá sofrimento,depois de ter passado por tantas situações na minha própria vida, sou capaz de enxergar isso. Habitamos um corpo humano, cheio de falhas e imperfeições, e existem circunstâncias que impedem a conexão com nosso eu interior, e que podem sim, nos deixar tristes. Muitas vezes, nós mesmo somos os "errantes", os causadores de sofrimento (nem sempre propositalmente), mas, por não estarmos bem sobre nossa própria pele.

A verdade é que percebi que todos nós somos capazes de cometer erros que reforçam a máxima que minha mãe já dizia, de que nunca seremos 100% bons ou maus. Mas, tenho outra notícia, nós não somos nossas circunstâncias e elas não nos definem.

As relações humanas são cheias de incompletudes e imperfeições. O que conta realmente é ter um grande lugar reservado no coração, para amar e respeitar tudo e todos a nossa volta. Nunca esquecendo do amor próprio, é a partir dele que seremos capazes de amar aos demais.

Tenho mais uma grande notícia, apesar de tudo isso, a felicidade não está lá no final. A felicidade está na caminhada. Sabe como é possível enxergar isso? Como diz minha Coach, se entregando ao momento presente, no sentido de vivê-lo efetivamente, sem reservas. Aproveitando a jornada nesta terra, junto as pessoas que amamos e vivendo plenamente o que temos para viver.

Por tanto, desejo sinceramente, que possamos viver nossa própria história com mais amor, sem comparações, sem julgamentos, sem olhares maliciosos. E que encontremos o equilíbrio necessário para enxergar que nessa vida, é possível:

"errar, aprender com o erro, se reinventar e seguir adiante" Robélia Alves

Desejo que as minhas experiências, estejam tornando seus dias melhores e que tragam algo bom para sua vida. E você, o que pensa sobre a felicidade?

#COACHING #DESENVOLVIMENTOPESSOAL #BEMESTAR #EMPODERAMENTO #AUTOCONHECIMENTO #despessoal

  • SPOTIFY
  • AMAZON

Copyright © 2017 por ABIGAIL SANTOS